Notícias

Projeto Quintais recebe visita técnica da FINEP

Publicado em 03/11/2014 pela Equipe de Comunicação do Projeto Quintais

A equipe técnica do Projeto Quintais, composta por pesquisadores, bolsistas e estagiários, receberam na semana passada, a visita técnica da analista da FINEP, Beatriz Helena Alves, responsável pelo acompanhamento do Projeto Quintais Orgânicos de Frutas, vencedor do Prêmio FINEP de Inovação na categoria Tecnologia Social Região Sul e Nacional, em 2009.

A visita técnica teve inicio na quarta-feira onde foi apresentado o histórico do Projeto Quintais e seus objetivos, tais como introduzir e validar, em áreas urbanas e rurais, tecnologias que propiciem a implantação de quintais orgânicos de frutas, com propriedades nutricionais e funcionais, de forma a contribuir com a diminuição da fome e melhorar a qualidade de vida da população. Assim como seus impactos, sociais, ambientais e econômicos derivados da parceria com a Eletrobrás - CGTEE, que financia o projeto de 2004 até a presente data.

Também foi apresentado pelo idealizador do projeto, Fernando Costa Gomes, dados que compõem as atividades e metas previstas no Projeto Quintais – Prêmio FINEP a serem executadas de agosto de 2013 a agosto de 2015. A analista também visitou a infraestrutura do viveiro, como estufas, telados, casa de apoio e escritório para os bolsistas, bem como a mini fábrica utilizada para trabalhos de pesquisa e capacitação dos beneficiários, compostos por agricultores familiares, assentados, quilombolas, comunidades indígenas e escolares. Capacitação esta, voltada à transformação dos alimentos dos quintais em doces, sucos, sorvetes, iogurtes, geleias, etc.

Na quinta-feira, a visita se estendeu à alguns quintais implantados em assentamentos da Reforma Agrária, propriedades de Agricultores Familiares, comunidades escolares e quilombolas, espalhados pelos municípios de Morro Redondo, Canguçu e Pelotas, no estado do Rio Grande do Sul.

Entre as comunidades escolares visitadas está a Escola Municipal Bruno Chaves, localizada no 9º Distrito de Pelotas. A Escola Municipal de Ensino Fundamental Garibaldi no 8º Distrito de Pelotas, e o Colégio Estadual Nosso Senhor do Bonfim, que foi comtemplado com o quintal no ano de 2004, no município de Morro Redondo, primeiro ano de projeto, na época, vinculado ao Programa Fome Zero.

Também no município, quem recebeu a visita técnica da Beatriz e equipe dos Quintais, foi a agricultora familiar Lueci Oliveira, e o agricultor familiar Gilson Schwanz e sua esposa Márcia Schwanz.

No 5º Distrito de Pelotas, o agricultor familiar, Eldo Hellwing teve seu quintal orgânico implantado em 2009 e também recebeu a visita, quintal, já ampliado e participando da geração de renda para a família.

A analista conheceu também o quintal orgânico do assentado Valdemir Hubner, implantado em Canguçu, assim como o da quilombola da comunidade Armada, Inajara Flores da Silva Maass, no 5º Distrito de Canguçu, e o quintal orgânico do seu Roberto de Matos, quilombola da comunidade Cerro das Velhas, cuja família foi contemplada pelo projeto em 2009, e hoje, com o quintal ampliado, já auxilia indiretamente famílias que pertencem à mesma comunidade.

Na sexta-feira, Beatriz Helena, juntamente com o coordenador técnico do projeto, Fernando Gomes, conheceu a diretoria e participou de reunião técnica na Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário Edmundo Gastal (Fapeg). Também visitou as instalações e laboratórios utilizados pelas pesquisadoras Ana Krolow e Márcia Vizzotto, que desenvolvem atividades de inovação na agregação de valor e propriedades funcionais de frutas componentes do Projeto Quintais – Prêmio FINEP.

O Projeto Quintais Orgânicos de Frutas através dos mais de 1.700 quintais já implantados beneficia aproximadamente 60 mil pessoas, entre agricultores familiares e assentados, alunos, integrantes de comunidades indígenas e quilombolas, entre outros, nos três estados da Região Sul e Uruguai. A partir de 2013, além das 18 espécies frutíferas, foi incorporado 13 espécies de hortaliças, feijão, milho, abóbora, melancia e três cultivares de batata doce, totalizando 38 alimentos produzidos em cada quintal.

© 2004-2021 Projetos Quintais Orgânicos de Frutas - Embrapa Clima Temperado